HOME




EMPRESA




CONSTRUÇÕES




LANÇAMENTOS




CONTATO
NOTÍCIAS
BF Construtora - Envie-nos suas duvidas, sugestoes e comentarios  Envie suas dúvidas e sugestões BF Construtora - Imprimir Imprimir  BF Construtora - Enviar para um amigo Enviar por E-mail
Construção civil cresce 4,5% no Brasil

Pesquisa Anual da Indústria da Construção aponta o crescimento do número de empresas ativas no setor subiu de 52.870, em 2007, para 92.732, em 2011.

Trajetória de expansão da atividade vem se mantendo constante desde 2007

A indústria da construção mostrou crescimento em todas as suas variáveis em 2011, revela a Pesquisa Anual da Indústria da Construção (PAIC), divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A trajetória de expansão da atividade vem se mantendo constante desde 2007, indica o documento.

O economista Fernando Abritta, da Coordenação de Indústria do IBGE, disse que o valor de incorporações, obras e serviços da construção, que alcançou R$ 286,6 bilhões, evoluiu 4,5%, comparado a 2010. Em relação a 2007, o aumento alcançou 63,1%, já excluídos os efeitos da inflação.

– Todas as variáveis vêm aumentando – confirmou Abritta.

O número de empresas ativas da construção subiu de 52.870, em 2007, para 79.286, em 2010, e para 92.732, em 2011. Os aumentos chegaram a 17%, em relação a 2010, e a 75,4% na comparação com 2007.

O pessoal ocupado, que atingia 1,576 milhão de pessoas em 2007, evoluiu para quase 2,7 milhões em 2011, com incremento de 69,4%. Em relação a 2010 (2,5 milhões de empregados), o acréscimo atingiu 7,7%. Os gastos com salários, retiradas e outras remunerações cresceram, no período de cinco anos, de R$ 19,35 bilhões para quase R$ 49,9 bilhões.

– A média salarial vem aumentando também e atingiu agora R$ 1.437. Teve um aumento real de 3,8% acima do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Em 2010, a média salarial havia sido R$ 1.305 e, em 2007, R$ 945 – disse o coordenador.

O incremento na comparação com 2007 elevou-se a 21,5%. Segundo o economista do IBGE, em termos de salários mínimos, o valor está constante.

Segundo Abritta, o salário mínimo vem tendo ganhos acima da inflação. Mesmo assim, em 2011, com valor médio de 2,6 salários mínimos mensais, manteve o mesmo patamar do ano anterior e ficou um pouco acima de 2007 (média de 2,5 mínimos/mês).

Abritta lembrou, entretanto, que o salário mínimo teve no período de 2007 para 2011 um crescimento de 45,9%, enquanto o IPCA subiu 24,6%. Em 2011, o salário mínimo cresceu 6,7%, pouco acima do IPCA (6,5%).

O IBGE divide o setor da construção em três grupos: as construções de edifícios, incluindo prédios residenciais, comerciais e industriais; as obras de infraestrutura, voltadas para a infraestrutura urbana, como estradas, e obras ligadas a usinas hidrelétricas, portos, aeroportos, por exemplo; e os serviços especializados, que envolvem obras de acabamento, fundações, terraplenagens. O número de empresas ativas do segmento de serviços especializados para construção passou de 16.388 para 51.325.

No segmento de obras de infraestrutura, que exige muita escala de produção e capital para atuar no mercado, houve também um crescimento, mas de maneira moderada (de 8.196 para 9.212 empresas). As empresas construtoras de edifícios mostraram incremento de 28.239 para 32.205.

– Como o setor da construção como um todo cresceu, é natural que tenha aumentado o número de empresas atuantes – comentou Abritta.

Em termos de valor das obras, envolvendo empresas com 30 ou mais pessoas ocupadas, a pesquisa mostra acréscimo no referente às obras de infraestrutura, cujo valor passou de R$ 99,86 bilhões, em 2010, para R$ 103,65 bilhões, em 2011.

– Só que em termos de participação reduziu. Perdeu participação de 46,9% para 44% – ressaltou o economista.

Além de obras de infraestrutura, a pesquisa analisa o valor das obras de mais quatro grupos, que são incorporação de empreendimentos imobiliários; obras residenciais; edificações industriais, comerciais e outras não residenciais; e serviços especializados.

Em 2011, o valor total das incorporações, obras ou serviços da construção feitos pelas empresas com 30 ou mais empregados somou R$ 235,6 bilhões, com incremento de 3,8% em comparação a 2010 e de 68% em relação a 2007.

Fernando Abritta informou que obras residenciais, por exemplo, ganharam participação em termos de valor das incorporações, chegando a 22%, em 2011, contra 20,8% no ano anterior. Em 2007, a participação era 15,1%.

– Notamos que obras residenciais vêm ganhando peso por causa do aumento do crédito imobiliário, que de 2007 para cá, expandiu-se bastante – explicou.

Dentro desse segmento, o principal tipo de obra é o edifício residencial, que subiu de R$ 39,7 bilhões, em 2010, para R$ 44,2 bilhões, em 2011. Nesse período, a participação apresentou ligeiro crescimento de 18,6% para 18,8%, disse o economista.

A reboque das obras residenciais, pode-se registrar também o crescimento dos serviços de reforma ou manutenção de edifícios residenciais de R$ 4,6 bilhões, em termos de valor, em 2010, para R$ 7,6 bilhões, em 2011.

A participação também subiu de 2,2% para 3,2% entre os dois anos. Abritta admitiu que a expansão do segmento de obras residenciais reflete a influência das obras do Programa Minha Casa Minha Vida.

Fonte: zerohora.clicrbs.com.br

Untitled Document
MAIS NOTÍCIAS
SETA BF Indústria retoma crescimento em julho
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Dicas para a instalação dos pisos vinílicos
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Crateras da Sibéria alertam para efeitos da mudança climática, afirma cientista
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Incorporadoras freiam lançamentos na Copa
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Brasileiros estão entre os finalistas do prêmio de melhor projeto do World Architecture Festival
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Declaração para regularizar obras já pode ser feita pela web
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Com apenas 19 anos, garoto cria tecnologia que pode limpar os oceanos
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Ibraeng publica orientação técnica para elaboração de anteprojetos de engenharia
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF 150 mil famílias já não pagam crédito da casa
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Elevador mais rápido do mundo será instalado na China
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Normas de acessibilidade para cadeirantes nos banheiros
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Casa Própria: Liberada Portabilidade do financiamento imobiliário pelo FGTS
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Ecotelhado amplia atuação e passa a vender sistema de jardim vertical no varejo
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Vantagens de morar em prédios residenciais.
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
SETA BF Arquiteto Premiado Usa Estrutura Pré-Moldada e Reduz até 30% o custo da obra
BF CONSTRUTORA APARTAMENTOS
 
Exibindo de 1 até 15 de um total de 95
BF Construtora - Next BF Construtora - Last
   
Documento sem título
BF COMPROMISSO COM VOCÊ
Documento sem título
RELATORIOS BF CONSTRUTORA
Quer vender seu terreno?
Querendo vender seu terreno e não sabe como? Cadastre seu terreno na BF Construções e Incorporações.
Cadastrar
RELATORIOS BF CONSTRUTORA
Construa Conosco.
Queremos estar com você para fazer a sua história. Construa seu imóvel conosco.
Faça seu orçamento
RELATORIOS BF CONSTRUTORA
Relação com o investidor.
Acesse através de login e senha os relatórios do andamento da sua obra.
 
RELATORIOS BF CONSTRUTORA
Solicite sua
Assistência técnica.
Acesse e solicite, Estamos prontos para atender suas necessidades.
Solicite
RELATORIOS BF CONSTRUTORA
Agende uma visita.
Agende uma visita, e conheça nossos empreendimentos atuais e futuros.
 
RELATORIOS BF CONSTRUTORA
Profissionais.
Estamos sempre a procura do profissional que se dedique e destaque em sua área.
Trabalhe conosco
Documento sem título
BF CONSTRUTORA - RIBEIRÃO PRETO
 
Todos direitos reservados | 2015
by vianett